quinta-feira, 3 de abril de 2014

Ä não ser serenas.." - Poeta Amado Nervo



"A não ser SERENAS"- Poeta Amado Nervo

Recorda, pois com serenidade,os teus dias de dor, mas nunca
penses, nas horas de raiva, de ódio, de turbulência,que tenham sacudido  teu espírito, pois irão sacudí-lo de novo com uma simples recordação.
Faze em troca, noite após noite, o inventário dos minutos belos,bons e agradáveis, dos momentos plácidos que a vida te haja concedido nas dezesseis horas de vigília e forma com eles um ramalhete de flores para perfumar seu sonho.


Esta atitude vai te dar alegria e paz.
Teu último pensamento antes de dormir será assim de gratidão.
E se a lembrança de alguma hora de impaciência, de cólera, de repulsa, vier a te atormentar,procura afastá-la docemente, e dize à tua memória o que o célebre quadrante solar de Piza, construído por Marco Salvador ostenta como inscrição:
"Horas nom numero nisi serenas
"Não conte as horas, a não ser as serenas."
************************************************
Vídeo com uma poesia sobre a Paz de Amado Nervo , cantada...



Um bom-dia, com recordações serenas com nos ensina o Poeta.
Simplesmente Sónia Maria
Atom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que contribuam para melhorar o BLOG,Mensagens similares,voltadas para o bem-estar humano.
paz,unidade,educacao,cidadania,familia,espiritualidade,direitoshumanos,bahai