sexta-feira, 26 de abril de 2013

19 de abril: Dia do Índio

19 de abril: Dia do Índio:

Prepare a tinta e os cocares. Em 2014, pela 69ª vez, comemora-se no Brasil o Dia do Índio. A data, celebrada todo 19 de abril, foi criada em 2 de junho de 1943 e festejada oficialmente pela primeira vez no ano seguinte. A homenagem – instituída pelo então presidente da República, Getúlio Vargas, por meio do Decreto-Lei número 5.540 – baseou-se no Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, reunido no México, em 1940, e está registrada no Diário Oficial da União da época.

Conheça o decreto-lei de criação do Dia do Índio

Hábitos e nomes indígenas estão presentes na cultura brasileira

Os mais de 25 mil dias que se passaram desde a criação do dia dedicado aos povos indígenas representam apenas uma restrita parcela da rica história que os primeiros habitantes do território brasileiro têm para contar. Estudiosos afirmam que, quando os europeus chegaram ao Brasil, os índios já habitavam a América do Sul há mais de 10 mil anos.

De acordo com o Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, no entanto, os atuais integrantes da população indígena estão longe de viver apenas nas ocas e tribos isoladas como antigamente. Dados mostram que, hoje, em 80,5% dos municípios brasileiros existe pelo menos um indígena.

A rica cultura e a aproximação cada vez maior com esses povos faz com que os hábitos indígenas estejam presentes em vários setores do dia-a-dia brasileiro. Afinal, quem é o curumin (menino na linguagem indígena) ou a cunhatã (menina) que não toma banho todos os dias? Esse hábito de higiene foi herdado, justamente, dos homenageados desta sexta-feira.

EBC

*********************************************************************************************
Postagem atrasada, mas dando as infomações. Melhor que comemorassemos mostrando o avanó educacional dos povos indigenas, que tem sido pequeno neste país táo indigena em sua origem, e bastante ignorado, e bastante exaltado em datas , eventos turisticos, folclóricos e violados em seus direitos  a saude, massacrados por posseiros etc.
 Muitos povos indigenas começaram a perder seus valores fundamentais e aprendem e   imitam conosco considerados náo indigenas a violencia, o aumento do uso do alcool, a maneira de enfrentar os problemas náo mais com seus valores....
Sonia Maria
Atom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que contribuam para melhorar o BLOG,Mensagens similares,voltadas para o bem-estar humano.
paz,unidade,educacao,cidadania,familia,espiritualidade,direitoshumanos,bahai