domingo, 18 de novembro de 2012

I'am that nothing - Uma história de 'Abdu'l-Bahá

I'am that nothing - Uma história de 'Abdu'l-Bahá:

90310962_highres

---------- Mensagem encaminhada ------
Data: 18 de novembro de 2012 11:37
Assunto: I am that nothing - Uma história de Abdu'l - Bahá
*******************************************************************************************************************************************
Um dos maiores e dos mais cruéis  inimigos da Fé foi um príncipe da Pérsia. Ele estava na Europa na mesma época em que encontrava 'Abdu'l-Bahá. Um dia ele foi ter com Mestre e lhe disse: "Eu vim aqui para lhe fazer uma pergunta: Olhe para mim; meu chapéu é coberto com diamantes e minha veste tem todos os tipos de joias, e, não obstante, quando ando na rua ninguém olha para mim, ou me presta atenção. No entanto, quando você caminha pelas ruas, com sua roupa mais simples do mundo, todos lhes dão atenção.  Eles se aproximam de você, e vejo sempre centenas de pessoas à porta da sua casa. Eu quero saber por quê. 'Abdu'l-Bahá conhecia o príncipe e sabia que, por causa dele, muitos dos bahá'ís haviam sido condenados à morte. Portanto, ele lhe disse: "Sua Alteza, sente-se  um pouco que eu vou lhe contar uma história." O príncipe se sentou. O nome do príncipe era “Sultão Zillu”, filho de Násiri'd-Dín Shah, o Xá da Pérsia.  O Mestre então lhe disse: "Uma vez um homem sábio, passando na praça de uma determinada cidade, encontrou uma das pessoas mais ricas daquele local, mas ele estava com um aspecto sombrio e triste, remoendo suas mágoas no canto daquela praça. O sábio foi até a pessoa e lhe perguntou: “Qual é o seu problema”? O homem respondeu: “Tenho dinheiro suficiente para ser o maior comerciante desta cidade, mas não estou satisfeito”. “Eu quero ser bem mais do que isso”. O sábio tornou a lhe perguntar: “O que você gostaria de ser”? O homem lhe respondeu: “Eu quero ser o governador da cidade”. O sábio então lhe disse: “Se eu o fizer governador desta província, não da cidade, mas de todas as províncias, você ficará satisfeito”? E acrescentou: Por favor, procure no seu coração e me dê uma resposta verdadeira. O homem, após refletir, lhe disse: “Honestamente, eu não vou ficar satisfeito”. “Eu quero ser um ministro”. Está bem, eu vou fazê-lo ministro, mas me responda honestamente: “Você vai ficar satisfeito”? Depois de refletir, o homem disse que desejaria ser o rei do país, e então o sábio lhe disse: “Eu vou torná-lo rei, e agora? você vai ficar  feliz e satisfeito”? Além disso, você quer ser mais alguma coisa? O homem então respondeu: “depois disso, não quero ser mais nada.” Então 'Abdu'l-Bahá, olhando para o príncipe, lhe disse: "Vossa Alteza, eu sou esse mais nada”.


Contada pela Mão da Causa de Deus A.Q. Faizi - Austrália 1969.

***********************************************************
Abdu'l-Bahá, filho de Bahá'u'lláh, nomeado por Seu pai, como Único interprete das Escrituras Bahá'is e Centro do Seu Convênio, esteve sempre ao lado do mesmo, acompanhando Sua Prisão e exílios do Irã para a Terra Santa; sofreu perseguições, injúrias e muitos tinham inveja do mesmo, como o personagem referido na história acima. Ele mesmo se auto-denominou Abdu'l-Bahá que significa Servo de Deus, nunca aspirou posição e serviu lealmente ao Seu pai, a Nova Revelação e a humanidade.
Assim Ele agia: com verdadeira humildade.

 !Conheça a vida de Abdú'l-Bahá, Seus Escritos e tenha esperança de um mundo melhor


Informações sobre Bahái . literatura sobre, estas historias e vida do mesmo podem acessar:]
Neste site encontrará links da Comunidade Internacional Bahái
  Comunidade Bahá'i do Brasil  no Facebook
  
  Literatura Bahá'i;
  Editora Bahá'i do Brasil no Facebook e no site


Butterfly_bottom




Permalink

| Leave a comment  »



Atom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que contribuam para melhorar o BLOG,Mensagens similares,voltadas para o bem-estar humano.
paz,unidade,educacao,cidadania,familia,espiritualidade,direitoshumanos,bahai