quarta-feira, 21 de novembro de 2012

O que o profissional brasileiro, quando criança, queria ser quando crescesse

O que o profissional brasileiro, quando criança, queria ser quando crescesse:

Na infância, homens queriam ser engenheiros, e mulheres, professoras, aponta estudo do LinkedIn

RIO - O que você quer ser quando crescer? Quem nunca ouviu esta pergunta na infância? Uma pesquisa realizada pelo LinkedIn, rede social voltada para o mercado de trabalho, revelou as profissões que os brasileiros sonhavam ter quando eram crianças: os homens queriam ser engenheiros (15%) ou pilotos de avião ou helicóptero (7,9%). Outros pensavam nas carreiras de professor (7,4%), cientista (6,6%) e atleta profissional ou olímpico (5,1%). As mulheres, por sua vez, queriam ser professoras (15,6%), médicas, enfermeiras ou técnicas de enfermagem (6,2%), escritoras, jornalistas ou romancistas (5,6%) e veterinárias (5,6%) e advogadas (5,6%).

No mundo, 30% afirmam trabalhar na profissão sonhada na infância

Como parte do estudo sobre as “profissões dos sonhos”, o LinkedIn ouviu mais de 8 mil profissionais globalmente para descobrir a aspiração de carreira que tinham na infância e quantos profissionais têm essas profissões atualmente. E um em cada três usuários do LinkedIn pesquisados ao redor do mundo (30,3%) afirmou que trabalha atualmente na profissão sonhada na infância ou segue uma carreira relacionada. Aqueles que disseram não ter a profissão sonhada na infância foram mais propensos a citar a alegação "Conforme fui ficando mais velho, acabei me interessando por uma carreira diferente" como a principal razão para trabalharem em uma área diferente (43,5%).

“Os trabalhos que aspiramos quando criança são a janela para nossas paixões e talentos. Identificar e entender essas paixões são a chave para melhorar nossa performance e aproveitamento no trabalho que fazemos atualmente, mesmo se não forem relacionados à carreira que sonhamos quando criança”, explica a expert de carreira do LinkedIn, Nicole Williams.

Por fim, a pesquisa mostra que para mais de 70% dos profissionais a característica mais importante da profissão dos sonhos é “ter prazer no seu trabalho.” Os entrevistados disseram ainda que “ajudar os outros” e “ter um bom salário” também devem ser considerados.

Confira as principais profissões dos sonhos na infância para os homens no Brasil:

1. Engenheiro (15%)

2. Piloto de avião ou helicóptero (7,9%)

3. Professor (7,4%)

4. Cientista (6,6%)

5. Atleta profissional ou olímpico (5,1%)

As brasileiras disseram que sonhavam em trabalhar como:

1. Professora (15,6%)

2. Médica, enfermeira ou técnicas de enfermagem (6,2%)

3. Escritora, jornalista ou romancista (5,6%)

4. Veterinária (5,6%)

5. Advogada (5,6%)

O GLOBO

****************************************************************************
Hoje as profissões escolhidas pelas mulheres mudaram  bastante, e precisamos mobilizar mais as mulheres para profissões voltadas as áreas humanas.
No passado as carreiras estavam mais ligadas ao sentimento de serviço humano, hoje mais voltadas para o status, salários e poder. Não discordando que mulheres precisam estar em todas as areas, mas há um desestimulo para as carreiras humanas devido ao pouco prestígio dado hoj pela sociedade e salários inadequados.
Nesta nova posição as mulheres tem parecem que recuaram n.o conhecimento na área de educação humana, tão necessária na família e na sociedade.
Interessante analisar este ranking e o que acontece na sociedade em especial nas famílias e na educação e proteção das crianças. Profissões sempre foram escolhidas no passado pelo seu potencial de serviço  a humanidade, e eram olhadas seu status de honra, respeito e posição de conhecimento. Geralmente os pais escolhiam as profissões para seus filhos, especialmente os homens e  para as mulheres estimulava-se profissões ligadas a área humana, mas com o sentimento de que outras carreira  não seriam espaços adequados para as mulheres. e as profissões da área de educação e saúde  na realidade era apenas uma expansão do seu papel na sociedade.Ou sub-estimava-se a capacidade das mulheres.

Mulheres e homens tem direitos em exercer qualquer profissão , mas  sem perder o conhecimento  na área humana e valorizar o papel humano sem desvalorizar o papel de ambos na família e na sociedade. .
No final de contas, todos somos e seremos cuidadores de saúde da família....
Sônia Maria Góes Shafa -- Enfermeira Sanitarista com especialização em Obstetrícia na Escola Ana Néri-UFRJ= há mais de 40 anos, e Saúde Pública na USPem 1971, escolhida a profissão na infância  espontaneamente, Era estimulada a ser médica pelos amigos e pela família, penso que achavam mais importante, tinha mais status social e avanço cientifico, encontrei na formação universitária de Enfermagem na Escola Ana Néri, conhecimento, ciência  respeito, valor para a sociedade, idealista pela Saúde Pública trabalhei mais de 30 anos no SUS, e andei pelo Nordeste, Amazônia  interior de Saõ Paulo o em serviços privados, materialmente ganhei mal, dormi mal, estive em ambientes de trabalho desconfortantes, mas ganhei em humanismo, aprendi a ser mais cidadã, eduquei mães, pais, Estive no doutorado  saúde m, participando da vida  humana em todas suas nuances.Caminhei para  realizar o que o coração desejava e acreditava.Aprendi sobre a vida e sobre a morte...vivenciei o sofrimento físico e mental dos indivíduos e da sociedade. Trabalhei como solteira, depois casada com 2 filhos. Durante 2 anos deixei de trabalhar, pois onde morava não dava para deixar as crianças longe e com pessoas desconhecidas no inicio. Continuo como aposentada, escrevendo sobre saúde  e cidadania, educação em saúde, repassando informações  importantes para os leitores do Blog e sites, inclusive divulgando a Homeopatia Unicista. Fui mãe trabalhando fora, no entanto sem desvalorizaar e  esquecer o bem-estar dos filhos, tentando educar, junto com o pai na área de valorização do ser humano, Agora avó divorciada, portadora de doença cronica, mas ativa e feliz... A enfermagem me humanizou e eu humanizei a enfermagem. também. Não escolhamos profissões apenas por razões materiais.O sucesso está naquilo que voc~e faz por que ama e nasceu para escolher o que o seu coração diz. Sem medo...
Sõnia maria
Atom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que contribuam para melhorar o BLOG,Mensagens similares,voltadas para o bem-estar humano.
paz,unidade,educacao,cidadania,familia,espiritualidade,direitoshumanos,bahai