terça-feira, 23 de novembro de 2010

One Planet One People Please

 Estamos vivendo dia á dia sob a ameça constante dos conflitos internacionais.Hoje uma ameaça severa e asustadora entre a Coréia do Sul e a do Norte, a onde de violencia no Oirente mèdio constante em outras partes do planeta. mas  parece que somos membros de planetas distintos...Um mundo sem sosêgo, sem paz. Como chegarmos a Unidade da Humanidade ? "A aceitação da unidade da humanidade é propósito fundamental para a reorganização e a administração do mundo como um só país- como o lar da Humanidade.A aceitação universal deste princípio espiritual é essencial para o êxito de qualquer tentativa de estabelecer a paz mundial. Deverias portanto ser universalmente proclamado, ensinado nas escolas e constantemente reafirmado em todas as nações como preparação para a transformação orgãnica da estrutura da sociedade que isso implica. Do ponto de vista bahái, o reconhecimento da unidade da humanidade " exige nada menos que a reconstrução e a desmilitarização de todo mundo civilizado-um mundo organicamente unificado em todos os aspectos essenciais de sua vida, seu mecanismo político, sua aspiração espiritual, seu comèrcio e suas finanças, de sua escrita e seu idioma, e, não obastante tudo isso, infinitamente variado quanto as características nacionais das suas unidades federadas. Shoghi Effendi, o Guardião da Fé Baháii, comentou em 1931 sobre a implicação deste princípio cardeal, que: "Longe de ter em mira a subversão dos alicerces da sociedade existente, ele procura alargar a sua base e remodelar as suas instituições de maneira consonante com as necessidades de um mundo sempre em transição. Não pode estar em conflito com nenhuma obrigação legítima nem minar qualquer lealdade essencial. O seu fim não é abafar a chama de um patriotismo são e inteligente no coração dos homens, nem abolçir o sistema de autonomia nacional que é tão indispensável como freio dos males da centralização excessiva. Não desconsidera, e tampouco tenta suprimir, a diversidade de origem étnica, história, idioma e tradição, de pensamento e costumes , que diferencia os povos e as nações do mundo.Ele exige uma lealdade mais ampla, uma aspiração maior que qualquer outra que jamais animou a raça humana. Insiste em que os impulsos e os interesses nacionais sejam subordinados às necessidades de um mundo unificado. Repudia a centralização excessiva, por um lado, e ao mesmo tempo, nega qualquer tentativa de uniformidade. O seu lema é a unidade na diversidade..."-Texto da Mensagem da Paz aos  Povos do Mundo -Uma  Declarção da Casa Universal de Justiça - 1985 - pp24/25- Editora Bahái do Brasil.Maiores informações:www.bahai.org.br e email:info.@bahai.org.br  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que contribuam para melhorar o BLOG,Mensagens similares,voltadas para o bem-estar humano.
paz,unidade,educacao,cidadania,familia,espiritualidade,direitoshumanos,bahai