sábado, 23 de outubro de 2010

Epidemia de cólera mata 200 no Haiti; República Dominicana já se prepara

Epidemia de cólera mata 200 no Haiti; República Dominicana já se prepara: "As autoridades da República Dominicana reforçaram no sábado as medidas de precaução e vigilância epidemiológica na fronteira devido a um surto de cólera que causou a morte de ao menos 200 pessoas no vizinho Haiti. O ministro da Saúde Pública, Bautista Rojas Gómez, afirmou que a situação está "sob controle" e que está preparando os postos de saúde localizados ao longo da fronteira com médicos especializados, insumos, medicamentos e uma campanha de educação à população. A Organização Panamericana da Saúde alertou as autoridades dominicanas para que adotem medidas de prevenção frente à possibilidade de que o surto de cólera detectado no Haiti se espalhe para o território vizinho. Leia mais (23/10/2010 - 12h51)"
http://reir.folha.com.br/redir/online/emcimadahora/rss/091/*:http:/1.folha-de-são-paulo

                                                Já era de se esperar este tipo de epidemia, com a situação totalmente fragilizada de saneamento básico. e população aglomerada sem condições inclusive de manter boa higiene inclusive dos alimentos.
Epidemia de cólera, epidemia que exige muita agiildade nas ações de socorro e de potabilidade da água e do sanemanto,  e mobilização total da população na adoção de medidas protetoras para que a epidemia não atinja níveis  intoleráveis inclusive de mortalidade,. em adotar as medidas. de proteção, hidratação e fortalecer a higiene pessoal e alimentar.....
 Sistemas de saúde fragilidades, as vezes desmoronadas por guerras, catástrofes tornando maiores as dificuldades para se controlar a epidemia.... para evitar tais problemas.
Na África está havendo um grande surto de cólera.
Os governos fazem guerras, não investem o suficiente  em saneamento básico, uma estratégia fundamental para diminuir tais eventos. e a situação de vulnerabilidade contribui para epidemias deste porte.
Que o Governo Brasileiro fique atente e olhe também para o Nordeste, nas áreas onde as pessoas estão vivendo em péssimas condições de saneamento, após as inundações que agravaram ainda mais a situação sanitária.
Que não nos surpreendamos com cólera também no Nordeste. especialmente em Alagoas.
Uma vigilância com o Programa de monitoramento das diarréias, eficiente, e que é pouco sistematizado em todo o país, contribui se   realizado com qualidade, semanalmente,, diariamente nos Municípios, para detecção de provável epidemia de cólera, quando o número de casos de darias aumentam brusca mente em todos os grupos etários.

Mas estamos fazendo isto corretamente? SISTEMATICAMENTE EM TODOS OS MUNICÍPIOS.?
....
.. Sônia - Sanitarista- Enfermeira  de Saúde Pública agora aposentada.

TRABALHEI ANOS EM VIGILÂNCIA E MONITORAMENTO DAS DIARRÉIAS.
, UM EXCELENTE INSTRUMENTO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA:.UM TERMÔMETRO SOBRE O QUE ACONTECE NAS COMUNIDADES. E O QUE PRECISA SER AGILIZADO...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que contribuam para melhorar o BLOG,Mensagens similares,voltadas para o bem-estar humano.
paz,unidade,educacao,cidadania,familia,espiritualidade,direitoshumanos,bahai